Solenidade da OBA, OBR e OBI premia alunos do Objetivo


Da Educação Infantil ao Ensino Médio há práticas para todos os níveis de ensino e idades, trazendo um aprendizado saudável, que leva o aluno a investigar, a se aprofundar no que lhe atrai, a ir além do que lhe é proposto, a desenvolver seu talento. Aplicar o que se aprende em sala de aula em prol do estudo científico é prática recorrente no Colégio Objetivo.

O Programa Objetivo de Incentivo ao Talento (POIT) é um dos grandes responsáveis por essa proposta. Por meio dele, estudantes desde as séries iniciais do Ensino Fundamental desenvolvem suas múltiplas potencialidades nas artes, nos esportes e nas olimpíadas do conhecimento.

Como resultado da participação em olimpíadas científicas nacionais e internacionais, 6.417 medalhas foram conquistadas, entre elas, as obtidas em competições internacionais, que trazem ao Brasil importância no meio acadêmico e científico.

Um pouco dessa história trilhada por muitas conquistas dos alunos do Colégio Objetivo foi vista na cerimônia de premiação das Olimpíadas de Astronomia e Astronáutica (OBA), Robótica (OBR) e Informática (OBI).

Realizada no teatro do campus Indianópolis da Unip, em 26 de maio, a solenidade reuniu os alunos medalhistas, seus familiares, amigos e educadores.

Foram entregues 484 medalhas, entre ouro, prata, bronze e menção honrosa aos alunos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. Além da premiação, diversas atrações fizeram parte do evento.

As equipes olímpicas do Objetivo que participaram da Competição Latino-Americana de Robótica (LARC) e da First Lego League (FLL) subiram ao palco para relatar as experiências vivenciadas nas competições.

Os alunos Felipe Bagni, Mariana Bagni, Victor Amaral Barreto Damarindo e Vinícius Santos Silva, após a conquista da medalha de ouro na LARC, modalidade OnStage, estão representando o Colégio Objetivo e o Brasil na Robocup Júnior, campeonato mundial de robótica, que está sendo realizado de 16 a 22 de junho em Montreal, no Canadá.

Outro destaque da LARC foi a equipe EV3 Destroyers, composta pelos alunos João Carlos DG e Gabriela Bassegio, medalhistas de prata na modalidade Soccer. A equipe Bionic Shark, Troféu Estratégia e Inovação na FLL, também estava presente. Os alunos explicaram como aplicaram
conhecimento e trabalho em equipe para projetar, criar e codificar robôs capazes de resolver problemas e tomar decisões sem intervenção humana.

Para abrilhantar ainda mais a solenidade, os alunos do Objetivo apresentaram números de danças e apresentações musicais em homenagem à equipe olímpica do Colégio Objetivo.

Parabéns, alunos e professores do Colégio Objetivo!

Confira as Fotos: