Rumo à Polônia: alunos se classificam para Torneio Internacional de Jovens Físicos (IYPT)


Dois alunos da 3ª série do Ensino Médio do Colégio Objetivo Integrado comporão a equipe que representará o Brasil no Torneio Internacional de Jovens Físicos (IYPT). A IYPT será realizada em Varsóvia (Polônia), de 6 a 13 de julho. Os alunos do Objetivo são Guilhermo Cutrim Costa e Enzo Serrano Barbosa.

A classificação para a edição internacional veio pela conquista de medalhas de prata na fase nacional, conhecida como IYPT Brasil, ocorrida no campus Cidade Universitária da UNIP, em março.

“Foi uma disputa muito acirrada. A diferença entre as equipes foi de centésimos de pontos”, declara Guilhermo Cutrim Costa.

Pela regra, as cinco melhores equipes classificam-se para o Torneio Internacional. Cada um dos times vencedores escolhe um dos seus integrantes para compor uma equipe única de brasileiros no mundial.

Das cinco equipes classificadas, duas são do Objetivo: Guilhermo compôs a equipe chamada Demônios de Maxwell, enquanto Enzo compôs o time Monociclo de Carnot.
“Todo o trabalho que tivemos deu resultado. Nossa equipe está muito feliz pela conquista, ainda mais pelo IYPT ser uma competição complexa e com discussões de alto nível”, afirma Enzo Serrano Barbosa.

O IYPT tem um formato totalmente diferente de outras olimpíadas científicas. Ele é baseado em discussões e debates das resoluções de problemas em Física. As sessões são chamadas Physics Fights, isto é, debates que acontecem em rodadas de 50 minutos. 

Acontecerá exatamente isso na Polônia, onde os Physics Fights acontecerão exclusivamente na língua inglesa, com os mesmos problemas oferecidos na fase nacional de cada país.  

A fase nacional da IYPT
 Para chegar à IYPT Brasil, as equipes primeiramente enviaram relatórios científicos, contendo a resolução de 5 de 17 problemas em Física. As soluções foram avaliadas por um júri, que levou em conta os conceitos físicos e as teorias utilizadas, a metodologia experimental e a análise dos resultados. Os melhores relatórios classificaram 21 equipes que, na UNIP, resolveram e debateram alguns dos problemas nos Physics Fights (PFs).

“O IYPT é um dos torneiros mais difíceis e complexos. São várias habilidades desenvolvidas, não só o conhecimento na área de Física. Foram horas e horas de laboratório, relatórios preliminares e treinamento da apresentação de cada problema. Somaram-se a isso horas de simulações dos Physics Fights para, enfim, encarar o torneio: um fim de semana inteiro discutindo Física. Estamos muito felizes por termos conquistado as duas vagas na equipe que vai defender o Brasil na Polônia”, comemora o professor Ronaldo Fogo, líder das equipes do Objetivo, responsável pelas aulas especiais de Física para olimpíadas científicas.

Parabéns, alunos do Colégio Objetivo por mais essa conquista.

Medalha de PRATA

Nome da Equipe: Demônios de Maxwell
Caio Augusto Siqueira da Silva
Felipe Aparecido S. Araújo
Gabriel Telles Missailidis
Guilhermo Cutrim Costa
Luã de Souza Santos

Medalha de PRATA

Nome da Equipe: Monociclo de Carnot
Douglas Taiyo Ikesaki
Enzo Serrano Barbosa
Guilherme Melo Silva
Pedro Henrique F. B. Costa