Você está em: Objetivo / Galeria de fotos / Encontro Pedagógico - 02 de abril - São Paulo

Encontro Pedagógico - 02 de abril - São Paulo


Objetivo reúne conveniados em Encontro Pedagógico

A missão de educar impõe necessariamente o ato de transformar vidas, sejam de crianças nos seus primeiros níveis de ensino, sejam de adolescentes tateando o mundo dos adultos, sejam de adultos ingressando nas universidades. Por essa razão, educar com esmero é fundamental e exige da escola capital humano capacitado, estrutura organizacional eficiente e material didático de qualidade.

No Objetivo, tanto em suas unidades próprias quanto nas conveniadas, essa prática é seguida com a seriedade que ela e todos que a usufruem merecem, a começar pelo corpo docente.

Com tal responsabilidade, são oferecidos eventos, como conferências, aulas, congressos e feiras educacionais, que visam o aperfeiçoamento profissional. Professores, coordenadores e mantenedores praticam, exercitam e testam seus conhecimentos em atividades de matizes, disciplinas e interesses variados, mas que convergem para um único ponto: o do ensino-aprendizado.

Superação, motivação e aprendizado foram temas recorrentes no Encontro Pedagógico realizado em São Paulo, dia 2 de abril, no campus Cidade Universitária da UNIP.  Na ocasião, cerca de 1.200 educadores participaram de cursos e oficinas, em diversas áreas, que contemplaram desde a Educação Infantil ao Ensino Médio. Eles reforçaram o que sabiam e até mesmo descobriram novas possibilidades de atuação em sala de aula. 

Criar jogos e atividades que favoreçam a participação efetiva, respeitando a habilidade e a individualidade de cada um, foi um dos assuntos abordados no curso Educação Física infantil e escolar: alternativas de aulas diferenciadas para os diversos níveis. “Tratamos da inclusão não apenas de alunos com necessidades especiais, mas de todos os estudantes, para que tenham maior interesse e participação. Apresentamos também exemplos de atividades aplicadas a crianças com necessidades especiais”, explica Giorgio Falco, coordenador de Educação Física.

Planejamento e gestão de projetos educacionais, proposto porJulio Cesar Michelato, coordenador de Português do 6º ao 9º ano, sugeriu possibilidades de aulas com diferentes e estimulantes técnicas para o aprendizado. “O cumprimento dos objetivos para o ensino depende de uma prática educativa que tenha como foco a formação de alunos conscientes de seu papel e com autonomia intelectual e emocional. Isso pressupõe que eles sejam sujeitos de um processo de aprendizagem em todas as suas dimensões: o aprender a conhecer, o aprender a fazer, o aprender a ser e o aprender a conviver”, comenta.

O curso de Comunicação e Arte para educadores do Ensino Médio abordou a Xilogravura, arte regional que por muito tempo foi primordial aos meios de comunicação. “Resgatamos uma arte antiga e importante, que está tornando-se obsoleta devido à digitalização. A ideia é trazer para os laboratórios e salas de aula a Xilogravura”, esclarece o professor Dany Ribeiro.

História e sua função na compreensão de fatos culturais trabalhou com os educadores do Ensino Fundamental o conceito de temporalidade e a busca por estabelecer relações entre o tempo presente (do aluno) e o tempo histórico estudado. “Abordamos fatos relativos ao período da Guerra Fria, ao século XIX e à história do Brasil dos anos 50 aos 80, tendo em vista as mudanças sociais, políticas e urbanas. Apresentamos a teoria que embasa as atividades ministradas aos professores e sempre disponibilizamos um espaço para sugestões e trocas de experiência”, comentaMaria Tereza Van Acker, coordenadora de História do 6º ao 9º ano.

 Do cinema mudo ao Movie Maker: como trilhar este caminho fortalecendo os quatro pilares da língua inglesa foi o curso realizado com educadores do 6º ao 9º ano. “Reading, writing, listening e speaking são os quatros fundamentos de ensino do Inglês. Por meio de atividades diversificadas, utilizando materiais tradicionais e mídias modernas, trabalhamos todos eles a fim de alcançarmos resultados mais eficientes”, afirma a coordenadora de Inglês, Elaine Perrone.

Assuntos atuais e pertinentes a todas as disciplinas são constantemente explorados. No curso de História e Geografia para professores do 2º ao 5º ano, por exemplo, foram trabalhadas duas temáticas: A importância da pesquisa escolar nas séries iniciais e (Re)conhecer e identificar a paisagem brasileira: um compromisso de todos nós. Na primeira, foi realizada uma atividade interdisciplinar com Informática, que ressaltou o papel do educador no estímulo ao ato de pesquisa. “Como já dizia Paulo Freire: ‘não há ensino sem pesquisa e pesquisa sem ensino’. Não se chega à escola sabendo pesquisar e não se aprende a fazer isso sem orientação”, comenta a coordenadora de História e Geografia, Luiza Nazário. Já no segundo curso, foram propostas aos professores diferentes atividades manuais de representação das florestas. “A ideia é que conscientizemos os alunos sobre nossas riquezas e, principalmente, como preservá-las. Fizemos sugestões que envolvem entretenimento e, ao mesmo tempo, guiam o olhar dos nossos estudantes”, diz.

Os cursos são realizados durante todo o ano letivo. Os educadores interessados em participar devem conferir a programação e inscrever-se no Portal do Objetivo. É possível ter acesso aos procedimentos para a inscrição na guia “Convênios” ou pelo acesso ao link http://www.objetivo.br/convenios/encontros/inscricao.asp.

online book

Fotos Relacionadas