15º Clico apresenta Reflexões para um mundo melhor


Alunos do 6º ao 9º ano participaram do Concurso Literário do Colégio Objetivo e, por meio de textos, danças e performances musicais, mostraram como podem contribuir para um mundo melhor

Criatividade, sonhos, descobertas e inspiração são atributos que auxiliam em variadas produções artísticas, como na criação de textos. No 15º Concurso Literário do Colégio Objetivo (Clico), os alunos do 6º ao 9º ano traduziram em palavras, sentimentos e ideias o tema Por um mundo melhor. Consoante à temática do Encontro Cultural, o Clico reuniu redações que estimularam a reflexão sobre o assunto.

Os jovens escritores participaram de uma solenidade de premiação, que ocorreu em 31 de outubro na Unip Indianópolis. Divididos pelas categorias Júnior (6º e 7º ano) e Sênior (8º e 9º ano), o concurso premiou as 50 melhores composições, sendo 25 de cada grupo. As redações foram publicadas em um livro, que foi presenteado à plateia.

“Escolher, combinar, harmonizar e dar novos significados: o desafio do concurso é o trabalho com as palavras. O mérito está na superação e no crescimento de cada um, ao registrar, por meio de textos, uma maturidade consciente e necessária para que o futuro seja um tempo promissor”, comenta Júlio César Michelato, coordenador de Português do 6º ao 9º ano.

Orgulhosa do resultado dos trabalhos, Sonia Bercito, coordenadora do 6º ao 9º ano, lembra que é sempre uma honra poder celebrar o talento demonstrado pelos jovens. “O brilho do espetáculo foi dado pelas belíssimas apresentações, pudemos viajar pelos mundos explorados por nossos alunos.”

Michaela Galbiati, do Objetivo Paulista, 1º lugar na categoria Júnior, que abrange o 6º e o 7º ano, escreveu a dissertação Dignidade Já. Refletindo sobre os princípios éticos e a evolução da humanidade, a estudante aponta a dignidade como uma solução para um futuro melhor. “O tempo passa e muitas coisas permanecem estáticas. Aqui não me refiro à evolução tecnológica, tampouco às grandes transformações sociais satisfatórias das últimas décadas. Abordo os valores ligados ao lado positivo do ser humano, aqueles que fazem a humanidade realmente evoluir”, relata em sua dissertação.

Leonardo Henrique Martins Florentino, do Objetivo Vergueiro, foi o 1º colocado na categoria Sênior, que avaliou os alunos do 8º e 9º ano. No texto A aurora dos novos tempos, ele aponta a nova geração como aliada na construção de um novo mundo. “Dos primórdios da humanidade até a atualidade, o homem nunca agiu conforme suas ideias de tornar o mundo melhor. (...) Para começar as mudanças, poderíamos partir da parte mais simples: uma coexistência pacífica entre nós.”

Esbanjando cores, luzes e alegria, a noite de premiação do Clico contou com todos os estilos e performances artísticas. Canto, dança e instrumentos musicais narraram os ideais e desejos desses jovens por um mundo melhor. Do street dance ao balé clássico, as apresentações mostraram que é possível criar uma sociedade em que a democracia, a tolerância e o respeito às diferenças sejam imprescindíveis.