Para chegar a uma olimpíada mundial, defender o nome de um país e conquistar a medalha de ouro, é fundamental dar de si grande esforço, inteira determinação e alto rendimento.

E se, para atingir o alto do pódio, for necessário competir, no mesmo dia, na mesma modalidade, com quase 400 pessoas, todas altamente habilidosas e representando mais de 70 países? E se pensarmos que não se trata de uma competição esportiva, mas científica?

Caio Augusto Siqueira da Silva é aluno do Ensino Médio do Colégio Objetivo Integrado. É um atleta da Ciência. Conquistou o topo do mundo, na Olimpíada Internacional de Física (IPhO, sigla em inglês), organizada pela Lituânia, em julho de 2021. Por conta da pandemia da Covid-19, o campeonato foi realizado de forma on-line.

Caio foi o único da delegação brasileira - composta por cinco estudantes - a conquistar o ouro individual. O Brasil ainda garantiu uma medalha de prata e três de bronze, todas individuais.

Com apenas 17 anos, defendendo a Física, Caio já fez história. Na IPhO de 2021, dos 380 competidores, de nações como China, Estados Unidos, Coreia do Sul, Rússia, Alemanha, Reino Unido, Caio terminou entre os 20 com melhor pontuação. É o maior pontuador brasileiro, de todos os tempos, nessa importante competição estudantil.

Neste ano, em uma olimpíada, o mundo se rendeu a um atleta brasileiro que demonstrou o alto nível no desempenho. O talento sempre foi dele, desde menino. Nos últimos seis anos, Caio vem conquistando medalhas (ouro, prata e bronze) em diferentes torneios científicos. 

Emocionados e honrados, nós, do Colégio Objetivo, agradecemos a Caio, por ter escolhido estudar em nossas salas de aula, em nossos laboratórios, com nossos professores.

E desejamos parabenizar toda a delegação brasileira presente na IPhO de 2021. Jovens estudantes brilhantemente defenderam o Brasil e conquistaram medalhas importantes em uma modalidade da Ciência, a Física.

Sandra Miessa

"Caio Augusto Siqueira da Silva, 17 anos, foi o único sul-americano ouro no torneio internacional de Física deste ano..."
O Globo, 4/9/2021 – Clique aqui e veja a matéria na integra

"Caio Augusto Siqueira da Silva, de 17 anos, também atingiu a maior nota em participações do Brasil no evento realizado há mais de 50 anos"
G1 Ribeirão Preto e Franca, 30/7/2021 – Clique aqui e veja a matéria na integra

"Em uma disputa com 380 estudantes de 76 países, o jovem brasileiro conquistou a medalha de ouro na Olimpíada Internacional de Física (IPhO)."
Hypeness, 4/8/2021 – Clique aqui e veja a matéria na integra

"Agora, com mais uma medalha de ouro para coleção - Já venceu o Campeonato Internacional de Ciências, o Brasileiro de Física e o Brasileiro de Ciências - , Caio quer cursar ciências da computação fora do país."
UOL, 4/8/2021 – Clique aqui e veja a matéria na integra

"Sonha em estudar no MIT (Massachusetts Institute of Technology), nos Estados Unidos."
R7, 7/8/2021 – Clique aqui e veja a matéria na integra

"Eu sonhei, desacreditei, chorei e me reergui várias vezes durante todo o meu processo de aprendizagem, independentemente das minhas chances de passar ou não.
Aprendi e continuo aprendendo muito sobre mim mesmo no Colégio Objetivo"

Folha de Alphaville, 2/8/2021 – Clique aqui e veja a matéria na integra