Acústico Objetivo promove integração entre alunos


O Objetivo realiza ao longo do ano letivo atividades culturais que desenvolvem o potencial intelectual e cultural e exercitam a iniciativa, a criatividade e a sociabilidade.

O Acústico Objetivo, sem caráter competitivo, promoveu a confraternização entre os alunos do Ensino Fundamental, Ensino Médio e Curso Pré-Vestibular de diferentes unidades. Boa música e muito talento fizeram parte da festividade, realizada nos dias 27 de abril e 4 de maio.

“É uma grande festa. A música é o maior agregador do ser humano! Um evento musical une e sensibiliza pessoas de todas idades, origens e profissões, por isso o Acústico é aberto a todos os alunos. Outra atividade que faremos em breve é o videokê. Espaços culturais são importantes para a interação e expressão dos alunos”, comenta o professor Eurico Pellegrino.

Cada grupo apresentou três canções: uma música autoral e duas de livre escolha. O evento musical trouxe ao palco do Objetivo Paulista um momento inesquecível que resgatou sucessos consagrados da banda de rock Guns N’Roses e do cantor britânico Ed Sheeran. Sucessos nacionais, como do Capital Inicial e de Charlie Brown Jr., também fizeram parte do repertório que animou o público presente.

Gabriel Favalle Terassi, do 9º ano do Ensino Fundamental, comenta que já participou três vezes do Acústico Objetivo. “Gosto de participar porque é uma grande confraternização. Todo mundo fica feliz: quem toca e o público que vai para apreciar. Me inspirei no meu pai para compor a minha música ‘O tempo’. Ele sempre diz que o tempo é imensurável, que o tempo não volta. Então, devemos aproveitar todos os momentos da melhor forma possível.”

Anna Adoracion de Sousa Figueiroa, da 3ª série do Ensino Médio, se apresentou junto com sua irmã gêmea, Maria Fernanda Adoracion de Sousa Figueiroa, e o amigo Pedro Toniato. “Apesar de termos experiência em apresentações musicais, foi especial tocar no Acústico. Pretendo prestar vestibular para Música e o colégio, ao promover esse tipo de evento, incentiva quem gosta de arte.”