Festival Interno do Colégio Objetivo: há 47 anos revela talentos


Realizado há 47 anos, o Festival Interno do Colégio Objetivo (FICO) se supera em profissionalismo, beleza e revelação de talentos a cada ano. Em 2 de setembro, milhões de decibéis, animação e boa música tomaram conta do Espaço das Américas, casa de shows especialmente preparada para receber os alunos e uma plateia entusiasmada.

Ter a oportunidade de se apresentar na final do festival não é fácil.  Depois de dedicarem meses à composição e arranjos musicais, os alunos são avaliados em pré-eliminatórias. E, na grande final, são minuciosamente analisados por um grupo de jurados.

João Guilherme Corrêa Silva, Hedra Marques Santos e Camila Palanquie Oliveira, alunos do Objetivo, e os professores Lu, Salles, Serginho e Visconte foram responsáveis pela apresentação do FICO. “A edição deste ano superou todas as minhas expectativas. Os números musicais chegaram muito perto de apresentações de artistas consagrados. Fiquei feliz em apresentar novamente e ver o nível dos shows”, comenta João Guilherme.

Alunos de todas as unidades do Objetivo, acompanhados por familiares, amigos e educadores, participaram do FICO e vibraram com as apresentações dos colegas finalistas. Irina Alfonso Frederico, aluna do Objetivo Ipiranga, foi uma das grandes vencedoras da noite, conquistando o prêmio de 1º lugar na categoria Composição Inédita, com Ascensão.

“A música surgiu de uma forma extremamente natural. O início do processo criativo caracterizou-se por melodias simples que não saíam da minha cabeça. Decidi que a música iniciaria com um lamento a cappella. Depois, o instrumental entraria com o ritmo do baião, e a história começaria a ser contada. Tanto a melodia quanto a letra retratam essa linearidade”, explica Irina.

Ela conta que foi sua primeira participação e foi emocionante tocar no festival. “A energia era maravilhosa. Foi a melhor relação de troca que já tive na vida. Eu ofereci o meu trabalho, meu amor e sensibilidade, e a plateia me ofereceu seus gritos, apoio e acolhimento. Minha gratidão será eterna”, completa. 

A banda FICO, liderada pelo professor Eurico Pellegrino, acompanhou todos os participantes nos ensaios e nas apresentações, além de animar o público tocando os sucessos Mama Follow you, follow me, da banda Genesis.

Os professores Nunes, Rudi, Bruno Valle e Thomas também soltaram a voz e arrancaram muitos aplausos cantando clássicos do rock nacional, de bandas como Legião Urbana, Raimundos, entre outras.

O encerramento da 47ª edição do FICO contou com o show do Capital Inicial, que teve como repertório grandes sucessos da banda, além da inédita Não me olhe assim. O vocalista Dinho Ouro Preto relembrou a época em que estudou no Objetivo. “Eu já estive nesse palco competindo no FICO. O festival é muito importante para revelar novos talentos. Então, incentive os seus amigos, compareçam aos shows; o apoio faz toda a diferença no começo da carreira.”  

 

Confira os premiados do 47º FICO:
COMPOSIÇÃO INÉDITA
1º lugar
Música: Ascensão
Alunos: Irina Alfonso Frederico, Gabriel Duarte e Lucas Bertalia
Objetivo Ipiranga

2º lugar
Melhor Letra
Música: Novos velhos mundos
Aluno: Tiago Ferreira Impaléa
Objetivo Luís Goes

3º lugar
Música: Todo tempo
Alunos: Lucas Chedid Cidin Speridião e Pedro Ruiz
Colégio Objetivo Integrado

CATEGORIA COVER
Melhor Banda
Música: Tom Sawyer – Rush
Aluno: Douglas Marinho Camargo Júnior
Objetivo Teodoro

 

CATEGORIA INTÉRPRETE
Música: Radioactive – Imagine Dragons
Aluna: Renata Paula Rosa
Objetivo Granja Viana

REVELAÇÃO
Aluno: Gabriel Favalle Terassi
Objetivo Teodoro

Melhor Guitarrista
Pedro Ruiz
Objetivo Paulista

Melhor Baterista
Douglas Marinho Camargo Júnior
Objetivo Teodoro

Melhor Tecladista
Equipe de Robótica
Felipe Bagni
Mariana Bagni
Vinícius Santos e Silva
Victor Amaral Barreto
Colégio Objetivo Integrado
Objetivo Cantareira

Melhor Baixista
João Jaruche
Objetivo Paz

Melhor DJ
Luiz Felipe Silva Miguel
Objetivo Paulista

 

Vídeos Relacionados