Semana de Geociências promove consciência sustentável


Semana de Geociências e Meio Ambiente do Colégio Objetivo visa a expandir os conhecimentos relacionados à preservação da natureza. A 12.a edição do evento foi realizada entre os dias 3 e 7 de junho, e os alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental discutiram assuntos pertinentes às disciplinas de Ciências e Geografia.

“Os alunos trabalham em grupo e se unem para a resolução de problemas. Eles aprendem a falar, ouvir e respeitar a opinião dos colegas. O professor está o tempo todo mediando a discussão, interferindo quando necessário, mas é o aluno que desenvolve o trabalho”, explica a professora Ana Paula Campolongo, coordenadora de Geografia do 6º ao 9. o ano do Ensino Fundamental.

A atividade estimula a reflexão sobre os fatores que provocam o desequilíbrio do planeta. Pesquisas, leituras complementares e a elaboração de painéis, maquetes e apresentações favoreceram para a compreensão dos alunos. Cada ano estudou um tema.

O 6º ano produziu cartazes sobre Grandes rios, problemas e soluções. “Foi uma experiência bem legal. Foi o meu primeiro trabalho que envolveu uma grande pesquisa. Meu grupo falou sobre o Rio Cuyahoga. Aprendi sobre o processo de despoluição e conheci os pontos turísticos que ficam em torno do rio”, comenta o aluno Lucas M.

As Construções sustentáveis foram exploradas pelos alunos do 7º ano. Eles pesquisaram sobre os projetos de construções sustentáveis e o clima e criaram maquetes reproduzindo tudo o que foi aprendido. “Meu grupo pesquisou sobre as palafitas, que são casas feitas de madeira e barro. Um fato curioso é que elas têm que ter um suporte bem resistente, pois são construídas perto de rios e pode vir uma correnteza muito forte e destruí-las. A importância dessa atividade é que, além de botar a mão na massa e pesquisar sobre a palafita, estudamos bastante sobre o terreno e o bioma”, explica o aluno Vinicius Tristão Rossi.

O 8º ano estudou o tema Saúde em questão: epidemias, endemias e pandemias. HIV, malária, peste negra e gripe espanhola foram algumas das doenças mencionadas nas apresentações.

Os Desastres ambientais nortearam os estudos do 9º ano. As tragédias de Mariana e Brumadinho, o acidente nuclear de Chernobyl e o Césio-137 foram alguns dos temas apresentados pelos grupos.

“O saldo foi muito positivo. Os alunos surpreenderam no desempenho. Durante a semana vi o progresso e a evolução da pesquisa. O interesse pelo tema foi aumentando. No final, fizemos um debate para falar sobre os problemas atuais que vivemos no Brasil. Cada ano dentro de sua área. Estamos bem contentes com o resultado final”, comemora a professora de Ciências Ângela Noronha.

Vídeos Relacionados