Bom apetite: 5º ano aprende receitas e curiosidades para uma dieta balanceada


Estimular hábitos saudáveis é uma prática constante do Colégio Objetivo. Ao longo do ano letivo, os alunos do 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental participam de atividades que integram o Programa Conhecendo e Degustando Alimentos Saudáveis, reforçando a importância de uma refeição balanceada, rica em nutrientes

Nos estudos sobre os alimentos necessários para uma vida saudável, os alunos do 5º ano do Objetivo Vergueiro apreciaram receitas e descobriram curiosidades sobre algumas frutas, legumes e sementes.
Açafrão, alcaparra, baunilha, beterraba branca, cacau, canela, gengibre, gergelim, girassol, laranja, morango e soja foram analisados pelos alunos. Eles estudaram a origem, o cultivo, a planta e as propriedades de cada produto.

Fez parte das atividades a realização de uma exposição, que promoveu a degustação dos alimentos estudados. Além da pesquisa sobre as propriedades de cada planta, os alunos do 5º ano levaram receitas e amostras para apreciação.

“Os alunos aprenderam que para obter todos os nutrientes de que o corpo precisa é essencial fazer refeições diversificadas”, afirma Lais Lemes Costa, coordenadora de Ciências do 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental.

Integrando o Programa Conhecendo e Degustando Alimentos Saudáveis, a atividade reforçou a importância de uma dieta equilibrada. “O trabalho foi além dos alimentos conhecidos por nossa cultura, explorou novos sabores e ampliou as possibilidades para uma alimentação nutritiva”, comenta Lais.

A aluna Nicole de Souza Touceda Fontana pesquisou sobre o girassol e surpreendeu-se com os benefícios proporcionados pela planta. “Vi que fazer bochecho com óleo de girassol pode curar diversas doenças, como dores de cabeça, bronquite, artroses, entre outros. Achei interessante também saber que no miolo da flor existem vários girassóis”, explica.

Já Gabriel Rivera de Camargo Barros descobriu um vegetal que nem imaginava existir: a beterraba branca. Comum na Europa, a raiz é utilizada na produção de açúcar. “Foi muito legal. Não sabia que existiam dois tipos de beterraba e que na Europa o açúcar é feito com beterraba branca.”

Para quem visitou a exposição, a experiência também foi muito proveitosa. Augusto Rosendo Velasquez, do 2º ano, conta que as curiosidades sobre o cacau e a soja foram as que mais chamaram sua atenção. “Foi muito legal. Aprendi sobre os benefícios desses alimentos e descobri que o cacau é comestível, mas é azedo.”